Início » Estrutura de uma Landing Page perfeita
Wireframe (esqueledo) da estrutura de uma landing page perfeita.

Estrutura de uma Landing Page perfeita

Sabe aquela página de um produto que você visita e na hora fica com vontade de comprar? Pois é, essa página com certeza tem a estrutura de uma landing page perfeita, desenvolvida para encher os seus olhos e te convencer a comprar. Desde elementos no layout até a copy (texto) da comunicação, a página foi pensada nos mínimos detalhes para ganhar os consumidores.

O que é uma landing page?

Já falei sobre isso lá no artigo “O que é Marketing Digital?“, afinal, landing page é um termo comum utilizado pelos profissionais de marketing na era digital. Na tradução, é simplesmente a “página de aterrisagem”, ou seja, a página onde seu possível consumidor vai cair após clicar no seu anúncio/link.

Vamos entender cada um dos principais pontos parar criar a estrutura de uma landing page perfeita:

1. Headline

Já na época de escola, você aprende que headline é o principal título de um artigo em jornal, revista, trabalho escolar etc. É a primeira sessão do texto a ser vista pelos seus leads e deve despertar nos leitores a vontade de continuar lendo.

Invista tempo em desenvolver uma boa headline: em geral, 8 em cada 10 pessoas vão ler sua headline, mas somente 2 vão continuar lendo o restante do seu material. Quanto melhor e mais persuasiva sua headline for, maior chance você terá de fechar uma venda.

2. Imagem ou Vídeo

Historicamente falando, as imagens ajudam nós humanos a assimilarmos uma ideia. Por isso, é tão importante que o conteúdo seja gráfico. Você pode usar a imagem para destacar um texto, melhor ainda se for um benefício do produto.

Lembre-se de fazer testes. As vezes, a solução para uma página com pouca conversão é fazer pequenos ajustes como a troca da headline, imagens, etc.

3. Formulário para Captação de Leads

Agora é hora de obter as informações daquele visitante da sua página. Lembre-se: muito possivelmente, você pagou por aquela visita – então é importante que retenha alguma informação para um futuro follow up.

O formulário deve ser claro e com poucos campos, de forma a facilitar a vida do visitante.

4. FAQ – Perguntas Frequentes

Sabe aquela dúvida que todo mundo tem sobre o seu produto ou serviço? Ou todas aquelas possíveis objeções que você já mapeou quando desenvolveu seu plano de marketing? Ao final da página, é importante listar todas as perguntas frequentes (FAQ – Frequently Asked Questions) para ajudar no convencimento do leitor e no consequente aumento das conversões.

Clareza é tudo

Sempre costumo dizer que “onde há confusão, não há vendas”. Este princípio deve ser a base para desenvolvimento da sua comunicação. O consumidor precisa “amar a primeira vista” o layout da sua página e “entender na integridade” os benefícios do seu produto.

Antes do conceito de landing page se popularizar, me lembro que a Apple já trabalhava isso muito bem no lançamento dos iPhone: uma página longa, que descrevia benefício por benefício e enchia os olhos de qualquer cliente.

Por Lucas Riccieri

Trabalho com marketing há mais de 10 anos focado no desenvolvimento de marcas. Instagram|LinkedIn