Início » Como começar um blog: guia completo.
Área de impressão de uma máquina de escrever para ilustrar o artigo de como começar um blog.

Como começar um blog: guia completo.

Se você está lendo este texto é porque entendeu que vale a pena ter um blog em 2020 e agora você só precisa entender como começar um.

Essa é uma das melhores decisões que você tomou, acredite.

Criar um blog não é algo tão complicado tecnicamente, mas é sempre bom ter as informações certas para começar da forma certa.

Neste artigo, separei os passos mais importantes para começar.

Começar um blog grátis ou investindo algum dinheiro?

Antes de qualquer coisa, você precisa definir o objetivo do seu projeto: com objetivos bem definidos, fica muito mais fácil alcançar resultados.

Se você pensa em começar um blog apenas por lazer e para compartilhar ideias com o seu círculo de amigos, você tem opções grátis para fazer isso – não é preciso investir nada para ter o seu blog.

Numa plataforma gratuita você tem uma grande desvantagem: o maior problema de ter um blog grátis é que anúncios serão exibidos na sua página sem que você tenha controle sobre eles.

Além disso, você também não tem tantas opções de personalização. Ainda assim, tudo grátis!

Essas são as melhores opções:

  1. WordPress: grande parte dos sites hoje roda a plataforma WordPress. O que muita gente não sabe é que você pode ter um site no WordPress.com totalmente de graça.
  2. Blogger/Blogspot: essa é uma plataforma do Google muito simples de usar mas que não é tão robusta quanto o WordPress. Fato é que nos últimos anos acabou ficando em segundo plano e não tem tantos adeptos quanto no passado.
  3. Wix: você também pode começar um blog de forma gratuita no Wix – o construtor de sites é robusto e cheio de opções.

Medium: um blog que não é blog

Se você quer apenas compartilhar alguns textos dentro de uma “rede social”, o Medium pode ser uma excelente opção.

No Medium, você consegue publicar artigos diversos sobre qualquer assunto e ainda consegue que seus artigos alcancem os outros usuários da plataforma – é uma espécie de rede social para compartilhar artigos.

Como começar um blog com um objetivo maior

Agora que você já conhece as opções gratuitas para aqueles “blogueiros de fim de semana”, agora vamos falar sobre blogs como um investimento – é claro que aqui você terá alguns custos.

Se você quer começar um blog para sua empresa ou com o objetivo de ganhar dinheiro com seu conteúdo, você precisa fazê-lo em uma plataforma própria na qual você tenha total controle – isso inclui o seu domínio (seu nome na web) e seu site.

Agora que você já tem uma visão geral de cada passo necessário para começar um blog, vamos falar detalhadamente de cada etapa deste processo – não se assuste, pode parecer complicado mas não é.

1. Defina seu nicho: sobre o que você vai escrever?

Planejar é o primeiro passo para se obter resultados. Escolher um nicho é um dos pontos mais importantes para o seu blog.

Você sabia que cerca de 80% dos blogueiros desistem nos 6 primeiros meses pois escolheram um nicho no qual são ineficientes?

Escolher um nicho é uma tarefa importante e exige que você analise 3 fatores principais: sua paixão (ou tema pelo qual tem maior interesse), sua habilidade (ou tema sobre o qual tem maior conhecimento) e a demanda de mercado (ou em outras palavras, o que as pessoas querem ouvir).

A combinação destes 3 fatores vai ajudar você a definir o nicho ideal para você começar um blog (ou qualquer negócio!).

Imagem que combina os 3 fatores para definir seu nicho ideal: paixão, habilidade e demanda de mercado.

2. Defina a ferramenta que irá utilizar

Você pode contratar um desenvolvedor e começar seu blog do zero, certo? Este é um processo custoso e muitas vezes não tem benefícios sobre as ferramentas que já existem prontas na web.

Você sabia que o WordPress é o motor por trás de 30% de todos os sites da internet? Sabia que entre os principais gerenciadores de conteúdo, o WordPress detém 60% de market share?

Essas são as 2 principais razões para você optar pelo WordPress. Também existem outras opções poderosas como o Joomla e o Drupal – porém, vamos focar no WordPress.org que é a preferência mundial.

Note o “.org” no WordPress: é aqui que iremos conseguir os arquivos para download – diferente do WordPress.com que é a plataforma de serviços onde você pode criar o seu blog grátis.

3. Escolha o nome do seu site e compre um domínio

Sabe aquele nome que não sai da cabeça dos usuários, tipo Google? Você precisa definir o nome do seu blog e comprar o seu domínio, o seu endereço na internet.

Após definir o nome, verifique se o endereço está disponível no Registro.br e efetue a compra. O Registro.br é a autoridade máxima da internet brasileira responsável por gerenciar os nomes de domínio.

O custo do domínio atualmente é de R$40,00 por ano.

4. Contrate um servidor de hospedagem

Para manter o seu blog online, você vai precisar contratar um serviço de hospedagem de sites – um provedor que cobrará uma mensalidade para disponibilizar os seus arquivos 24h por dia, 7 dias por semana.

Alguns provedores oferecem planos de hospedagem já com a inclusão do domínio, o que pode ajudar a economizar alguns reais.

Você pode contratar o serviço da HostGator por 1 ano a partir de R$8,99 por mês já com a compra do domínio incluída no primeiro ano.

5. Faça o download dos arquivos do WordPress

Lembra do WordPress.org? Lá você vai conseguir fazer o download da estrutura base da plataforma. Faça o download do arquivo zipado para o seu computador.

6. Faça o upload dos arquivos para o servidor

Após fazer o download, você vai precisar extrair os arquivos para uma pasta no seu computador – basta criar uma nova pasta e extrair os arquivos. Em seguida, utilize um cliente FTP como o Filezilla para enviar os arquivos para o servidor Hostgator.

Você também pode optar por fazer a instalação do WordPress direto no painel da hospedagem com ajuda do suporte. A instalação manual é para que você tenha maior controle sobre os arquivos e banco de dados.

7. Finalize as configurações básicas do WordPress

Se você optou pela instalação manual do WordPress, vai precisar configurar um banco de dados MySQL direto no painel da Hostgator. De posso do usuário e senha, você vai conseguir instalar o WordPress.

Antes de publicar conteúdo, você vai precisar de 3 plugins essenciais para o WordPress:

  1. Really Simple SSL: este plugin vai garantir que seu site seja acessado utilizando o protoloco seguro HTTPS.
  2. Yoast SEO: este plugin vai otimizar o seu blog e ajudar no ranqueamento dos seus artigos.
  3. Jetpack: além de proteger contra SPAM, este plugin também traz análise de tráfego e outras opções como a inclusão de posts relacionados.

8. Personalize o seu site (escolha um tema)

Uma das grandes vantagens de se utilizar o WordPress é a infinidade de temas disponíveis para uso. Há excelentes opções grátis e também pagas.

Caso prefira, você também pode desenvolver o seu próprio tema – o que exige grande conhecimento de programação. Esta é a melhor opção para manter o seu site rápido e leve.

Instale o plugin Elementor para criar páginas personalizadas de forma fácil com “drag and drop”.

9. Escreva o seu primeiro artigo e publique

Com a estrutura pronta, é hora de produzir conteúdo. Lembre-se de seguir as boas práticas SEO e pesquisar palavras-chave antes de escrever – produzir conteúdo que seja de valor para os usuários é muito importante.

Por Lucas Riccieri

Trabalho com marketing há mais de 10 anos focado no desenvolvimento de marcas. Instagram|LinkedIn