Início » A Evolução dos 4 Ps do Marketing
Diversos itens de escritório em uma mesa com o termo "Digital Marketing" escrito numa folha em destaque para ilustrar a evolução dos 4Ps.

A Evolução dos 4 Ps do Marketing

Você já deve estar familiarizado com os famosos 4 Ps do marketing. Caso ainda não saiba exatamente o que são, leia o artigo “Os 4 Ps do Marketing” pois ele trata do básico deste conceito tão importante. Neste artigo, trataremos de algo mais atual, a evolução dos 4 Ps.

O conceito dos 4 Ps é utilizado por profissionais do marketing ao redor do mundo há décadas. Porém, o mercado hoje não é o mesmo de 10 ou 20 anos atrás.

A evolução da internet trouxe novas oportunidades e novas formas de se comunicar com o consumidor. Antigamente existia um grande abismo entre a “empresa” e o “consumidor”. Uma relação estranha, meio que como a “empresa faz o que quer” e o “consumidor é obrigado a aceitar o que a empresa oferece”.

Hoje, as mídias sociais encurtaram esta distância de forma que o consumidor conhece muito melhor as empresas e estas por sua vez, se viram obrigadas a se “socializar”, ou seja, abrir um canal de comunicação com o cliente.

Além disso, as empresas ganharam o aspecto mais “humano”, pois agora o cliente pode se comunicar através das redes sociais como se estivesse falando com a entidade – dando origem ao conceito de “social listening”.

Se você segue uma empresa online, é como se você fosse próximo a ela, quase que um amigo do círculo social daquela empresa.

É claro que o conceito dos 4 Ps está defasado, pois não levava em consideração as tecnologias que temos hoje.

A Evolução dos 4 Ps na Era Digital

Enquanto o conceito original girava em torno de produto, praça, preço, promoção, a nova versão que apresentamos aqui visa humanizar uma corporação. Ou seja, vai trazer elementos mais humanos para uma empresa que até então era distante e inalcançável pelo consumidor.

1. Produto Vs. Solução.

Os consumidores hoje se importam menos com as características e atributos do seu produto em si. Hoje, todos buscam por algo que nos ajude a solucionar um problema. Se a sua solução for melhor do que a solução oferecida por seu concorrente, você ganhou um consumidor.

Muitas vezes, os profissionais de marketing estão muito focados em comunicar a tecnologia de um produto, mas esquecem que se aquela tecnologia não tiver um propósito, ela tem pouca utilidade pro cliente.

Em um exemplo prático, ao invés de focar apenas no tipo de fibra que compõe a espuma de um colchão e seu processo de produção, vamos falar mais sobre como a fibra XYA pode ajudar seu cliente a dormir melhor, absorvendo a tensão e reduzindo as dores musculares.

Veja que é o produto (colchão) solucionando um problema (cliente dorme mal).

2. Praça Vs. Facilidade de Acesso

Muitas vezes vemos praça como o lugar físico aonde o seu produto se encontra. Substitua este conceito por “Como meu cliente vai ter acesso ao meu produto” e isso vai te ajudar a entender melhor o termo “Acesso”.

Na era digital, o acesso é 24 horas por dia, 7 dias por semana, ininterrupto. Se preocupe em como fazer seu cliente acessar o seu produto e realizar a compra.

3. Preço Vs. Valor.

O conceito de valor geralmente é dificil de ser assimilado por quem está começando a estudar marketing.

Vamos tentar facilitar.

Imagine um óculos de sol da marca Dolce & Gabanna. Acredito que você pensou em um óculos caro, certo?

Agora pense neste mesmo óculos, mesmo material e lente, sem a marca Dolce & Gabanna. Automaticamente, o preço deste produto seria mais barato na prateleira, certo?

Pois é. O óculos é exatamente o mesmo, porém, devido a presença da marca e todo o cenário construido ao redor da Dolce & Gabanna, você acredita que um dos óculos vale mais. Isso é o valor que você vê naquele produto, você está disposto a pagar mais por aquele logotipo, apesar do óculos em si ser o mesmo.

Valor percebido é aquilo que seu cliente enxerga no produto, muito além da etiqueta de preço e do produto em si.

4. Promoção Vs. Educação.

Você com certeza já ouviu falar de “marketing de conteúdo”. Mais do que fazer anúncios para vender produtos, as empresas hoje devem se preocupar em produzir conteúdo relevante para seu público alvo.

Desta forma, elas se destacam no mercado como autoridade em determinado assundo, passando maior credibildiade para seus clientes e criando empatia entre empresa e consumidor.

É simples. O seu humano tem uma relação afetiva natural com quem o ensina. Uma certa adimiração.

Veja que a evolução do universo digital e das mídias sociais fez com que o marketing hoje esteja muito mais relacionado com aspectos sociais (pessoas).

Conclusão

A evolução dos 4 Ps acompanhou a tecnologia – novos canais e novas ferramentas trouxeram um novo padrão de comportamento do consumidor e uma nova forma de fazer marketing.

O profissional de marketing deve estar sempre preparado para inovar e aproveitar as novas tendências para atingir os consumidores.

Por Lucas Riccieri

Trabalho com marketing há mais de 10 anos focado no desenvolvimento de marcas. Instagram|LinkedIn