Início » SEO em 2021: Atualização do Google
Conjunto de ícones para ilustrar as mudanças SEO em 2021

SEO em 2021: Atualização do Google

A cada nova atualização do Google, é comum vermos alguns sites perdendo tráfego orgânico por deixarem de ranquear nas primeiras posições nas pesquisas. Quando o algoritmo muda, podemos dizer que o Google fica mais inteligente e força os profissionais de SEO a adaptarem seus sites para continuar recebendo tráfego orgânico.

No final de maio, o Google anunciou mudanças que serão aplicadas no ano que vem, permitindo que os donos de sites preparem ajustes de SEO que entrarão em vigor em 2021.

Como o Google funciona?

O objetivo principal da ferramenta de buscas do Google é entregar aos usuários aquilo que eles estão buscando. Todas as técnicas de SEO para auxiliar seu site a ranquear de nada adiantariam se você não oferecer uma experiência prazerosa aos visitantes. Por exemplo, se estamos buscando por “pizzarias perto de mim”, o Google quer exibir nos primeiros resultados as pizzarias e não qualquer restaurante na cidade.

A última grande atualização feita com foco no usuário foi o update BERT, no começo de 2020.

Com a atualização anunciada pra 2021, o algoritmo passará a analisar a experiência dos usuários dentro das suas páginas. Assim, é importante corrigir todos os possíveis erros de UX (User Experience) que antes não eram detectados.

Veja o exemplo abaixo: o usuário prepara-se para clicar em “No, go back” e cancelar sua ordem. De repente, uma caixa de texto aparece no topo da página, rolando todo o conteúdo para baixo e fazendo com que o usuário acidentalmente clique no botão azul, confirmando a ordem.

Sempre melhorando: SEO em 2021

Protocolo seguro HTTPS, sites mobile, velocidade de carregamento… estes são alguns dos fatores que foram incluídos no sistema de ranqueamento do algoritmo ao longo dos anos e mudaram a web.

Com o update previsto para 2021, o Google anunciou também que páginas AMP não serão mais um fator determinante para o ranqueamento nas “top stories”.

Top stories do Google para ilustrar que as páginas AMP não serão mais um requerimento para conquistar esta posição.

Também em maio, foi anunciado o “Core Web Vitals”, três métricas essenciais para qualquer site ranquear nos primeiros resultados. Agora, o conjunto completo de métricas permite ao algorítimo analisar a página como um todo, desde aspectos técnicos até a experiência do usuário.

Conjunto de métricas que o Google analisa para ranquear um site e as mudanças previstas de SEO em 2021. Core Web vitals incluem: tempo de carregamento, interatividade, establidade visual. Outros fatores incluem: site mobile, navegação segura, protocolo HTTPS, quantidade de pop-ups que interferem na experiência do usuário.

Tendências SEO para 2021

Além do foco na experiência do usuário, separamos as 5 principais tendências SEO para 2021.

Com o avanço da tecnologia e aumento da concorrência nos anúncios pagos (PPC), as estratégias SEO são a principal ferramenta para construir tráfego para o seu site.

Conclusão

Coloque o usuário em primeiro lugar. Pense como seu público e suas reais necessidades ao entrar em seu site. Já não basta mais ter o melhor código e uma montanha de backlinks: eventualmente, o Google vai priorizar os sites com as melhores experiências, aqueles sites sites que todo mundo gosta e não tem nenhuma falha!

E-book Como Fazer SEO? na tela de um celular.

Por Lucas Riccieri

Trabalho com marketing há mais de 10 anos focado no desenvolvimento de marcas. Instagram|LinkedIn